Azitromicina

Azitromicina é um antibiótico usado no tratamento de várias infecções bacterianas.

Entre as indicações mais comuns estão o tratamento de otite média, faringite estreptocócica, pneumonia, diarreia do viajante e outras infeções intestinais. Pode também ser usada no tratamento de várias infeções sexualmente transmissíveis, incluindo clamídia e gonorreia. Em associação com outros fármacos, pode também ser usada no tratamento de malária. Pode ser administrada por via oral ou intravenosa. Os efeitos adversos mais comuns são náuseas, vómitos, diarreia e indisposição no estômago. Entre outros possíveis efeitos adversos, menos comuns, estão reações alérgicas, como anafilaxia, QT longo ou um tipo de diarreia causado por Clostridium difficile. O uso durante a gravidez não está indicado exceto em caso de necessidade expressa.

A sua segurança durante a amamentação não está firmemente estabelecida, mas é provavelmente segura. A azitromicina é um antibiótico do grupo dos macrólidos. O mecanismo de ação envolve a diminuição da produção de proteínas, impedindo o crescimento das bactérias. A szitromicina foi descoberta em 1980 pela farmacêutica Pliva e aprovada para uso médico em 1988. Faz parte da lista de medicamentos essenciais da Organização Mundial de Saúde, uma lista com os medicamentos mais seguros e eficazes fundamentais num sistema de saúde. A OMS classifica-a como de importância crítica para a medicina humana. Está disponível como medicamento genérico e é vendida sob diversas marcas comerciais em todo o mundo.

A Eurofarma, multinacional farmacêutica brasileira, e um dos maiores produtores de antibióticos da América Latina, vem a público informar que, em virtude da pandemia instalada pelo vírus Covid–19, trabalha no aumento da produção de seus medicamentos com potencial prescritivo em Síndrome Respiratória (SARS) causada pelo novo coronavírus.

Além disso, a Eurofarma atua em constante vigilância em relação à eficácia dos medicamentos nesta situação, assim como em relação aos potenciais eventos adversos, por meio de atualizações e presença ativa nas pesquisas em andamento.

Neste momento de pandemia, é fundamental o uso racional dos medicamentos, principalmente daqueles que são de uso sob prescrição médica, sendo absolutamente contraindicado a compra e uso dos medicamentos sem orientação, com o objetivo de evitar eventos adversos indesejáveis e o desabastecimento de medicamentos essenciais aos pacientes que realmente o utilizam conforme recomendações de bula.

A Eurofarma não poupará esforços para colaborar nesse momento de inédita crise sanitária e coloca-se à disposição para contribuir na superação da pandemia.

Qualquer esclarecimento adicional pode ser obtido em nossa Central de Atendimento pelo 0800-704-3876 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

  • Nome IUPAC: (2R,3S,4R,5R,8R,10R,11R,12S,13S,14R)-2-ethyl-3,4,10-trihydroxy-3,5,6,8,10,12,14-heptamethyl-15-oxo- 11-{[3,4,6-trideoxy-3-(dimethylamino)-?-D-xylo-hexopyranosyl]oxy}-1-oxa-6-azacyclopentadec-13-yl 2,6-dideoxy-3-C-methyl-3-O-methyl-?-L-ribo-hexopyranoside
    Massa Molar: 748.92 g/mol
    Fórmula Molecular:

    C38H72N2O12

Share this atividades

Relações

Deixe um comentário

Você está comentando como visitante.